10.10.05

PRECE

pé-de-meia ou pé descalço
imensamente orgulhoso ou inclinado de amor
cadeira eléctrica
coveiro ou dançarino ao vento
o mesmo vento ainda fedendo a porcos
rosas ou o pólen que nos faz tossir
cruel fantástico sem nada que se lhe compare

não precisar de salas de operações
estar a salvo de todas as doenças
amar sem excepção
ser um santo em qualquer forma


Versão de Alexandre Vargas.

Image hosted by Photobucket.com
Patti Smith nasceu em Chicago no dia 30 de Dezembro de 1946. Considerada uma das vozes femininas maiores do rock & roll norte-americano, é também conhecida pela sua faceta poética. Influenciada por Rimbaud e, como muitos artistas da sua geração, pelos escritores da beat generation, mudou-se para Nova Iorque em 1967 depois de ter sido mãe e ter entregue o seu filho para adopção. Numa livraria onde trabalhava, conheceu o fotógrafo Robert Mapplethorpe que viria a ser seu companheiro durante algum tempo. Começou a trabalhar a sua poesia já na década de 1970, ao mesmo tempo que ensaiava breves incursões no mundo do teatro. Durante alguns anos fez várias leituras dos seus poemas, acompanhada à guitarra por Lenny Kaye com quem acabou por formar a sua banda de suporte. Entre os livros que Patti Smith publicou destacam-se WIIT (1973), traduzido para português por Alexandre Vargas para a Assírio & Alvim (1983) e Há! Há! Houdini! (1977), publicado em Portugal pela & etc numa versão de Paulo da Costa Domingos.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home