1.4.06

Bloco de apontamentos # 11

Escrevo palavras que são metáforas mortas da dança dos nossos corpos na terra. O desejo é a metáfora viva da língua que sonha contigo para sempre ao ouvir o mar e o vento dentro da minha mão que escreve aqui. Quero ver o mar no porto onde desembarquei este verão. A cidade das pontes e canais para onde fugi de outro amarelo. Quero percorrer todas as cidades de pontes e canais do mundo. Tu vens comigo em casa na minha mão nas ruas calcetadas dos meus pés.

Nevoeiro
MJLF, Nevoeiro, 2005, técnica mista sobre papel, 21x14cm.

Maria João

1 Comments:

At 7:33 da tarde, Blogger by the way... said...

joana, o sistema já funciona bem.
tem uma joia nova. de lux

bj

cesar

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home