15.5.06

Bloco de apontamentos # 24

MJLF, página do livro O último tango, 2005
Quando observo os teus rastros penso sempre que estás convencido que és imortal – o teu quotidiano retrata bem o teu modo vago. Existem muitas formas de se ser superficial, mas quando a miserável condição humana nos bate à porta, tornamo-nos mais humildes; o mundo assim invade-nos com tanta intensidade que as palavras não existem para o descrever.
Maria João

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home