9.3.07

Pau pra toda obra


Há uma série de comentadores em Portugal que são pau pra toda obra. Falam sobre tudo e mais alguma coisa como se soubessem muito de tudo e mais alguma coisa. Autênticos homens da renascença, eles debitam sobre política nacional e internacional como quem colhe alfaces, opinam sobre bola como quem dá uns toques, alvitram sobre economia como quem apregoa, falam sobre sexualidade como quem se masturba, propõem, sugerem, lembram, facturam nas salas de espectáculo como quem rega jardins domésticos. Mais do que comentadores, eles comem-te as dores da fome de opinião.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home