28.7.08

LUGARES DESERTOS

Neve caindo e a Noite tão depressa,
Tão depressa, no campo onde passei,
Quase coberto de macia neve,
Algum restolho só a distinguir-se.
Os circundantes bosques têm-na — é deles.
Os animais se encolhem pelas tocas.
Vago demais eu vou para contar;
A solidão me inclui sem que eu o saiba.

Solitária como é tal solidão
Sê-lo-á bem mais, por menos que antes seja
— Alva brancura da nocturna neve
Sem expressão, sem nada que exprimir.

Ninguém me assusta com o vazio espaço
Entre as estrelas sem humanidade.
Tenho dentro de mim, e bem mais perto
Com que assustar-me: o meu próprio deserto.

Tradução de Jorge de Sena.

Robert Frost


Robert Frost nasceu em São Francisco, a 26 de Março de 1874. Após a morte do pai, mudou-se com a mãe para a Nova Inglaterra, onde passou a maior parte da sua vida. Publicou os primeiros livros de poemas quando vivia em Inglaterra: A Boy’s Will (1913) e North of Boston (1914). Mudou-se para Cambridge em 1941, após o falecimento da sua esposa e o suicídio da filha Carol. Proferiu inúmeras conferências, conheceu grandes escritores tais como Pound, Yeats, Auden, etc. Além de poesia, escreveu teatro, ensaios e histórias. Faleceu no dia 29 de Janeiro de 1963.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home