29.7.08

SAÚDE PÚBLICA

«Toda a gente sabe como é que começa uma massagem e ninguém sabe como é que ela acaba», diz Reis Ágoas, um comandante que quer proibir as massagens nas praias algarvias. Tem razão. Como homem do mar, saberá também que toda a gente sabe como começa um mergulho no mar e ninguém sabe como ele acaba. Proíbam-se os mergulhos no mar. A preocupação com a saúde pública está a ficar doentia.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home