22.10.05

ESTÉTICA

(Realidade, incerta realidade ou sonho.
Mulher sempre adormecida no poema.
Gazela desperta em suave paisagem nublada.
ausente de céspede e horizonte
POESIA É A CONDIÇÃO DO OLVIDO).


Versão possível de HMBF.

xavier abril
Xavier Abril nasceu em Lima, no Peru, no dia 4 de Novembro de 1905 e morreu em Montevideu, Uruguai, a 1 de Janeiro de 1990. Em Espanha, entre 1926 e 1927, estudou na Escola de Belas Artes de São Fernando. Residiu também algum tempo em França até estabelecer-se definitivamente em Montevideu. Foi um dos representantes mais destacados da poesia surrealista peruana. Apesar do seu espírito claramente vanguardista, Abril foi um conhecedor profundo dos clássicos. Daí que na sua poesia convivam a tradição e a modernidade. O seu primeiro livro apareceu em 1931 com o título Hollywood. Seguiram-se Difícil trabajo (1935), Descubrimiento del alba (1937) e La rosa escrita (1987). Ensaísta literário, é também o autor de uma novela intitulada El autómata, dada a conhecer em 1990 – ano da sua morte.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home