18.2.07

O estado do Insónia

Neste queijo há um número que me intriga: os 7% de visitantes que vêm de países desconhecidos. Quanto ao resto, nada me espanta. Há cada vez mais gente por esse mundo fora que não dorme. Muitos chegam aqui à procura de: livros de areia, poemas sobre corações partidos, poemas fúnebres, passos para desenhar caras, falar dos amigos, cantilenas, Pedro Mexia, tesão, por que se colam os cães às cadelas durante o acto sexual, escrita fragmentária, papelotes de Lisboa, Nietzsche, a origem da tragédia, apontamentos, cadáveres esquisitos, poesia pornográfica de Gregório de Matos, pequenos poemas, ilustrações do dicionário do diabo, poemas fixes, epígrafes, maquilhar como dracula (sic)… Só isto pode justificar as 1030 visitas diárias, ainda que não explique os 7%. Esses, provavelmente, vêm ler o que escrevemos.

5 Comments:

At 11:16 da tarde, Blogger delusions said...

Gráfico interessante... São cada vez mais os que têm insónia(s)... Mas há insónias muito estranhas o.o

Bjs*

 
At 2:52 da manhã, Blogger Pedro Morgado said...

Os que vêm de países desconhecidos podem estar em Portugal. Nessa secção estão incluídos todos os utilizadores que o sitemeter não consegue reconhecer o país de origem.

 
At 12:15 da tarde, Blogger hmbf said...

Obrigado pelos comentários. Pedro, se os visitantes dos países desconhecidos são de Portugal então está tudo explicado. ;-)

 
At 8:04 da manhã, Blogger JPT said...

obrigado pelo post

 
At 10:19 da manhã, Blogger hmbf said...

de nada

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home