5.7.07

SE FOSSE O CARRILHO...


A revista Sábado atira-se com garras e dentes de sabre a «sua excelência o senhor doutor António Costa», assim tratado no dito, por este ter recusado falar com os jornalistas da Sábado alegando «não ter gostado de ler uma coluna de opinião publicada na revista». Imaginem se todos os políticos seguissem o exemplo. Teríamos, certamente, uma imprensa muito mais limpa e agradável. Talvez contaminado pelos tais «tiques autoritários» que agora é moda acusar ao (des)Governo do Eng. Sócrates, António Costa preferiu calar o bico a bicar no que julga estar mal. Se isto tivesse sido com Carrilho, ia para aí um ai Jesus de dedos em riste a cuspir acusações de arrogância, vaidade e sobranceria. Mas não. Isto passou-se com o mano do Ricardo da SIC, sem dúvida o candidato mais bem posicionado para chegar à CML. Diz que vai ao colo.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home