4.3.08

HAJA ESPERANÇA


Este bom homem, de aspecto e pose clericais, pretende criar um partido de gente comum situado entre o PS e o PSD, o que, do meu ponto de vista, é como que criar uma espécie de cinzento entre o cinzento e o cinzento. Ou seja, um partido comum. Convencido que estou de que este país carece de mais partidos de gente comum (diria mesmo que este país precisa de gente comum a governá-lo como de pão para a boca), proponho-me também eu criar um partido algures entre o PS, o PSD e o tal movimento que aquele homem santo anda a congeminar. Não será o partido da esperança, mas será o partido da mudança (palavra muito em voga lá para as américas) dentro da continuidade. Oremos. O país precisa de um tipo como eu, eu preciso que o país precise de um tipo como eu, vocês precisam que eu precise de um país que precise de um tipo como eu, eu sou um tipo comum entre tipos invulgares, sou a invulgar esperança da comum desesperança. Acreditem, tenham fé, amai-vos uns aos outros, procriem.

2 Comments:

At 1:36 da tarde, Anonymous Anónimo said...

... E Deus nos ajude!;)

São

 
At 1:37 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Ou melhor... e Deus tenha piedade de nós!

São

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home