1.4.08

Um poema* de Filinto Elísio e uma foto de Julie Blackmon

Filinto Elísio, nasceu em 1957 na Cidade da Praia. Ilha de Santiago, Cabo Verde.



tudo continua a cair
em torno de mim

a rosa que murcha
tua face que envelhece

até Maio já não é
Primavera no meu coração

(momento de placidez quase
pedra que retorna à essência
a poesis de cio animal
brilhantes estrelas da razão
cósmica)

e cai-me o copo do scotch
aliás tudo cai em torno de mim

Deus também cai...


* Selecção de Jorge Aguiar Oliveira.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home