22.7.08

AS SOBRANCELHAS PARABÓLICAS? A COMISSURA DOS LÁBIOS?

Uma breve alegria que os olhos rasgados traíam e os lábios romanos suprimiam? Assim quem se fode és tu.

8 Comments:

At 5:24 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Ui, que mau.

 
At 7:06 da tarde, Blogger hmbf said...

Trata-se de uma mera microcrítica literária.

 
At 7:48 da tarde, Blogger Ente lectual said...

ahahah.
por acaso também estranhei, o Pedro Mexia costuma saber evitar essas saídas e camufla-las com aquele sentido de humor frágil de "auto-crítico" ou com uns ditos, espirituosos qb. Claro que disfarçar esse romantismo à Alencar, independentemente da técnica usada, é só mais uma forma de romantismo à Alencar. (e entretanto a fiz um dito à Mexia)

De qualquer modo gostei muito do post do PM. Conte lá, henrique, não gosta mesmo nada do senhor, pois não?

 
At 7:54 da tarde, Blogger hmbf said...

Se gosto do PM? Não o conheço. Se gosto do que escreve? Remeto-te para este post: http://antologiadoesquecimento.blogspot.com/2006/07/elogio-da-confisso.html .

 
At 8:12 da tarde, Blogger Ente lectual said...

não tinha lido esse post. Tinha, isso sim, lido a crítica pouco favorável que fez ao Senhor Fantasma. O seu post é esclarecedor, e ainda bem, que eu cá tenho a curiosidade voyeur de saber o que pensam uns dos outros (os escritores, digo), curiosidade que se intensifica em relação ao PM que é bastante imprevisível e, imagino, desagradável para muita gente.

 
At 12:07 da manhã, Blogger hmbf said...

Caríssimo intelectual, tudo bem que não tenhas lido; tudo bem que tenhas uma curiosidade voyeur; tudo bem que muita gente ache o PM desagradável; mas tratares-me por você é que não consigo suportar.

 
At 12:17 da manhã, Blogger Ente lectual said...

desculpa. pá. E não é intelectual, ente lectual :o

 
At 12:24 da manhã, Blogger hmbf said...

:))))

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home