9.3.09

ROGÉRIO CASANOVA

Este país é tão desgraçado que aparece alguém a escrever umas coisas engraçadas e transformam-no rapidamente em caso. Depois começa a enjoar. O pobre escritor não tem culpa alguma. Lê-se e gosta-se. O pior é as ondas. O caso. Não há pachorra.

22 Comments:

At 12:20 da tarde, Blogger np said...

Também acontece na música, lembra-te do Pedro Abrunhosa e dos Silence 4 por exemplo, depois, quase sempre, vem o período de nojo. E quem faz sem culpa nenhuma.

 
At 12:33 da tarde, Blogger hmbf said...

Circunscrevendo-me aos weblogs que sigo, a coisa vai neste estado: «quem diabo é rogério Casanova» (no irmaolucia)», «Quem é Rogério Casanova? (A REVELAÇÃO)» (no Bibliotecário de Babel), «Não me lembro de nada tão interessante nos últimos tempos como o aparecimento do Rogério Casanova» (no A Natureza do Mal)…

 
At 3:10 da tarde, Blogger Ente lectual said...

ao menos serviu (o casanova) para ensinar aí a malta do Expresso (seres cerebrais como Daniel Oliveira e Henrique Raposo) a usar o ponto e vírgula. A usar; usar bem, isso já será outra coisa; bem diferente; não é?

Dizem que o casanova nasceu em 1980, se se confirmar, juro que me suicido

 
At 3:33 da tarde, Blogger hmbf said...

Se algum dia vier a confirmar-se e não te suicidares, chamar-te-ei todos os nomes possíveis e imaginários.

 
At 3:54 da tarde, Blogger Ente lectual said...

então, ou morro ou sou insultado. espero bem que o gajo tenha 64 anos

 
At 4:23 da tarde, Blogger hmbf said...

Não tem. Acabo de ver uma fotografia no Bibliotecário de Babel que prova o facto: o homem só pode mesmo ter nascido em 1980. Portanto, prepara a corda.

 
At 5:34 da tarde, Blogger Ente lectual said...

mas ele agora já aparece em público? é tudo para me tramar

 
At 5:36 da tarde, Anonymous Anónimo said...

revelação ou não, escreve muito melhor que tu, henrique

 
At 5:47 da tarde, Blogger hmbf said...

Anónimo, não só escreve muito melhor, como é mais culto, mais inteligente, mais atraente, mais sensível, mais cativante, mais irónico, mais engraçado, mais tudo. Mas e daí? Eu gosto de o ler por isso mesmo. Tem estilo. No entanto, você explique-me se é preciso ser médico para reconhecer que o tratamento não curou a ferida? E este post só lateralmente tem que ver com o Casanova. Os anónimos não percebem isso porque os anónimos só se percebem a si próprios. Este post tem que ver com ondas, com a necessidade das ondas, com a alegria com que se criam casos, com a masturbação colectiva em torno de génios subitamente aparecidos, com o provincianismo generalizado de um país tão desgraçado que sempre que aparece alguém a escrever umas coisas engraçadas é rapidamente transformado no topo de gama, na última geração de espíritos inspiradores. Fica-se com a ideia de que somos o país com mais génios por metro quadrado. Dentro da nossa própria casa, não haja dúvidas de que somos.

Ente Lectual, como disse: prepara a corda.

 
At 5:53 da tarde, Blogger Diogo Vaz Pinto said...

este anónimo o que percebe é que o problema é o henrique não ser apontado como um desses génios, apesar de fazer tudo por tudo para causar ondas em redor de si mesmo

 
At 6:04 da tarde, Blogger hmbf said...

Ó Diogo, se há coisa que me intriga é de onde vem essa sua antipatia. Eu gostava é que você me explicasse o significado das suas palavras. Gostava, pelo menos, que provasse com exemplos o que pretende dizer com: «o problema é o henrique não ser apontado como um desses génios, apesar de fazer tudo por tudo para causar ondas em redor de si mesmo». Quer dizer, dei-lhe o meu endereço postal quando você me o pediu para me enviar o primeiro número da Criatura, dizendo mesmo já não sei bem o quê – tenho que ir aos arquivos - no e-mail que me enviou. Será que você pode avivar-me a memória? E, já agora, explique-me que tudo é esse que eu tenho feito para causar ondas em redor de mim próprio. Os meus weblogs causam-lhe algum transtorno? Terei dito alguma coisa que o feriu? O que é que os meus weblogs têm que os seus não têm? Faz-lhe impressão que um homem diga o que pensa? Será criar ondas? Deverei calar-me para toda a eternidade?

 
At 6:10 da tarde, Blogger Diogo Vaz Pinto said...

nada disso, apenas recomendo que quando estiver a sentir-se mais estragado por dentro, se sente e oiça o let it be do lennon, talvez lhe faça bem

 
At 6:12 da tarde, Blogger hmbf said...

Ah! Já agora, não sou o único. Talvez o luzidio também pretenda causar ondas. De mijo: «Já notei que há por aí tipos a masturbarem-se enquanto miram a tal fotografia de grupo na qual figura o Rogério Casanova. Tudo bem, não me apoquenta. Cada um com a sua. Eu estou aqui com a Patti Smith, e ela diz-me coisas».

 
At 6:16 da tarde, Blogger hmbf said...

Homem, não seja infantilóide. Eu até o tenho em boa conta. Bem, vou ficar à espera de uma explicação. Se quiser dar-se ao trabalho, terei todo o gosto. Se não, paciência. Por dentro não estou bem, é verdade. Ando com problemas de fígado, pulmões e o sacro todo estraçalhado. Felizmente ainda nãos e me foi o tesão.

 
At 7:48 da tarde, Anonymous Anónimo said...

cambada de idiotas: acham mesmo que o Casanova ía jantar com aquela gente?

 
At 8:32 da tarde, Blogger np said...

Fico sempre aparvalhado com esta gente.
Qual é a parte que não percebem?

 
At 8:51 da tarde, Blogger Sissi said...

:)

 
At 10:26 da tarde, Blogger hmbf said...

Anónimo, eu acho que sim. E espero que os pasteis tenham valido a pena.

NP, esta gente percebe tudo. Tudo, tudo. Vou ficar à espera que o Ente Lectual cumpra a palavra. Caso contrário, começo por lhe chamar António.

Sissi, :) para ti também. E beijinhos para a família toda.

 
At 11:44 da tarde, Blogger zé luís said...

Mas ó Henrique, home, tu não me denuncies desta forma, que assim os tipos ficam a odiar-me a mim também, e eu não quero mesmo nada ser odiado. Aliás, eu ando na blogosfera (acho este termo um doce, docinho) para ser amado. Simplesmente isto e nada mais. Viver para ser amado, ah, que bom. E tu? Também? Então dá cá um bacalhau, pá! E cantemos!
os me ni nos à vol tada foguei ra!

 
At 8:17 da manhã, Blogger hmbf said...

vão aprender coisas de sonho e de verdade....

 
At 5:39 da tarde, Blogger LB said...

O Henrique tem razão no post é é preciso má fé ou algo mais profundo para perceber nas palavras dele inveja. O próprio Casanova é de certeza alheio a essa merda toda que é escusada e sai prejudicado.

Mas no meio disto, tomei contacto com Diogo Vaz Pinto nestes comentários. Foda-se Henrique, como é que coleccionaste este cromo? Parabéns! :)

 
At 9:42 da tarde, Blogger hmbf said...

LB, se queres que te diga sinceramente eles aparecem-me tão desprevenidamente que até fico à nora.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home