20.9.05

CÁ E LÁ

Há muito tempo que estamos a ensaiar a representação
mas o problema é que não somos sempre os mesmos.
Muitos morreram já, outros mudam de sexo,
mudam de barba de cara língua ou idade.
Há anos preparamos (há séculos) os papéis,
a tirada de fundo ou apenas
‘senhor, a mesa está posta’ e nada mais.
Há milénios esperamos que alguém
nos aclame no proscénio com aplausos
ou mesmo com algum assobio, não importa,
desde que nos reconforte um nous sommes là.
Infelizmente não pensamos em francês e assim
ficamos sempre no cá e nunca no lá.

Eugenio Montale

Eugenio Montale nasceu em Génova, no dia 12 de Outubro. Com uma boa voz de barítono, estudou canto, pensando numa eventual carreira operática. Nunca chegou a frequentar a Universidade, adquirindo a sua cultura de forma auto-didáctica. Em 1916 publicou o seu primeiro artigo e o primeiro poema que incluirá em Ossi de seppia (1925). Chamado para a Escola de Infantaria de Parma, foi depois mobilizado para a frente de Vallarsa. Publicou poemas numa revista de Turim, a Primo Tempo. Em 1923 abandona a ideia de uma carreira como cantor de ópera. Dois anos depois assina o manifesto anti-fascista de Benedetto Croce e publica o seu primeiro livro: Ossi di seppia. Em 1926 trava conhecimento com Umberto Saba e começa a colaborar na famosa revista florentina Solaria. Transfere-se para Florença, arranjando emprego na casa editora Bemporad. Em 1931 ganhou o prémio dell’Antico Fattore, como poemas posteriormente publicados (1932) sob o título La casa dei doganieri e altri versi. Em 1938, dispensado do seu cargo de director do Gabinete Vieusseux (biblioteca), em virtude de não estar inscrito no Partido Nacional Fascista, iniciou uma intensa actividade como articulista e tradutor. Depois do final da guerra, fundou o bissemanário Il Mondo. Começou a desenhar e a pintar, transferindo-se para Milão. Ganha vários prémios literários e viaja muito pelo estrangeiro. Em 1975 foi-lhe atribuído o Prémio Nobel da Literatura. Faleceu no dia 12 de Setembro de 1981.

2 Comments:

At 3:15 da tarde, Blogger C. said...

:))))

 
At 8:39 da manhã, Blogger Amélia said...

Gosto de ler Montale.E gosto de vir aqui.Um beijo amigo

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home