28.9.05

MARCO

Na rua escondida
o marco do correio
há muitos anos recebe
as escassas cartas
que mudam a vida.
Há muito que está
fora de serviço
mas a companhia
não informou ninguém.

Pedro Mexia

Pedro Mexia nasceu em Lisboa, em 1972. Licenciado em Direito pela Universidade Católica, publicou o seu primeiro livro de poesia no início da década de 1990 com o nome de Pedro Bigotte Chorão. Tendo “renegado” essas primeiras aventuras literárias, considera-se hoje Duplo Império (1999), em edição de autor, a sua primeira recolha de poemas. Coordenador de uma Antologia da novíssima poesia portuguesa, crítico literário no jornal Diário de Notícias, Pedro Mexia tem apurado a sua arte de cronista em várias outras publicações escritas. Figura mediática da denominada nova poesia portuguesa, foi um dos elementos do painel de comentadores do programa televisivo O Eixo do Mal.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home