17.3.06

Bloco de apontamentos # 1

A cidade alberga uma confusão de vozes que se funde no metal de um livro sempre aberto. O livro suspende a cidade labiríntica no tempo, numa escrita de ruas ao entardecer. As letras são as casas das palavras que encaixam nas veias da cidade, onde as vozes habitam escritas quando o sol mergulha em sangue.

MJLF, O livro de Babel, 1997
acrílico s/ escultura em fibra de vidro, 35x60x10cm
Maria João

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home