11.3.06

Cartão do cidadão

Há uma coisa que me chateia na história do neófito “cartão único”: passar a andar com a carteira ainda mais leve. Assim como assim, com a catrefada de cartões que se avolumam na carteira sempre ia disfarçando a pobreza em que vivo.

6 Comments:

At 5:47 da tarde, Anonymous anne lee beck said...

bah! adorei... essa mania de carteira lotada é s´p um disfarce mesmo, algo que nos ilude... eu não vivo mais esse tipo de coisa porque nem carteira uso mais!

 
At 8:54 da tarde, Blogger soledade said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 8:55 da tarde, Blogger soledade said...

:) Sim, mas outras coisas me chateiam no cartão único. Se calhar é só por ser muito desconfiada.

 
At 10:08 da tarde, Anonymous hmbf said...

Eu também sou muito desconfiado, Soledade. Este post é mera anedota. Embora tenha muito de verdade. :)

 
At 4:24 da manhã, Blogger rduarte said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 4:26 da manhã, Blogger rduarte said...

Não considero que nos moldes em que o cartão foi feito que aja motivo para preocupção. É uma materia que interessa bastante. escrevi um post sobre isso no meu blog. se quiserem dar uma vista de olhos:

http://www.contraditorio.com/

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home