30.9.06

BERLOGUES

Do Universos Desfeitos passei ao Insónia. Depois, talvez, ao Da Literatura. Dias Felizes. Seta Despedida (recôndita, entreluz). Ao Ad Loca Infecta, por apreço de escritas. O Escrita Ibérica (já perdi a ordem disto), um escritor como deve ser. Poesia & Lda é pra imprimir e ler de resma. O Estado Civil, olha, faz-se de conta que não é antipático. Lia mas deixei de ler: Abrupto. BdE.

Surpresa mais recente: Acknowledge yourself. É daquelas que melhora (e agora só usa frases curtas quando é mesmo preciso). Uma moça com eles no sítio. Com poucos polícias, embravece-se (!). Apetece mostrar aos que só escrevem lamechices.

A melhor definição de conservador é do pif-paf: “Assim, resta-me a auto-ironia, a baixa auto-estima e a falta de sexo. Assim, sou conservador.”

Professora e sabão: http://palavrasdesabao.blogspot.com/2006/09/os-caminhos-do-ego.html

Um poema “menos que triste” (como alguém disse): http://theresonly1alice.blogspot.com/2006/09/como-pretexto-para-amputar-sonos-que.html

Satã hoje: http://tripnaarcada.blogspot.com/

E agora, vão-se catar.



Rui Costa

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home