26.9.06

Grávida da
minha mão,
de metros
de unhas,
de pestanas:
o meu ovo
tem duas cascas,
matrioska.

(Esta gema
é a nossa surpresa).


Tradução de Inês Dias.


Elisa Biagini

Elisa Biagini nasceu em Florença, Itália, em 1970. Considerada pela crítica como uma das vozes mais interessantes da poesia italiana actual, começou a publicar com Questi nodi (1993). Seguiram-se Uova (1999) e o sua colectânea mais reconhecida até à data: L’ospite (2004). Tradutora de Dickinson, Plath, Sexton, publicou recentemente pela Einaudi a antologia Nuovi Poeti Americani. Possui poemas seus traduzidos para inglês, espanhol, francês, japonês e português. (ver «Telhados de Vidro», n.º6, Averno, Maio de 2006)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home