23.9.06

A Virgem a parir

Ao ouvir Alberto Pimenta no Câmara Clara, comecei a imaginar a Virgem Maria a parir. Entre as palavras do poeta e o olhar derretido da apresentadora, formou-se na minha imaginação a imagem de uma virgem, de pernas abertas, sôfrega, a dar à luz um menino manchado de sangue e de toda aquela porcaria que sai cá para fora com a placenta. Só mesmo um grande poeta consegue estimular-me a imaginação desta maneira. E depois supus que se pensássemos um Jesus Cristo com cordão umbilical tudo poderia ser diferente.

3 Comments:

At 1:01 da manhã, Anonymous maria madalena said...

sabe pq chamas o que sai na hora do parto de porcaria????? por que não tens capacidade para procriar.... XD loooollllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll

 
At 11:07 da manhã, Blogger hmbf said...

a minha mulher tem e chama-lhe coisas bem piores

 
At 8:44 da tarde, Blogger etanol said...

O Prof. Pimenta estava do melhor a falar do tesouro da Sé de Lisboa, e terminou com a Origem do mundo do Courbet, a apresentadora em extase, foi lindo!
Maria João

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home