13.2.07

Como tornar-se espectral

Antecipações utópicas – A mulher tornar-se-á espectral através da desarticulação da sua anatomia. O «corpo desmontável» é a aspiração e a verificação do exibicionismo feminino, o qual se tornará furiosamente analítico, com a possibilidade de mostrar cada peça em separado e isolar as anatomias a fim de as dar em alimento separadamente, montadas sobre garras, atmosféricas e espectrais, tal qual a anatomia, montada sobre garras e espectral, do louva-a-deus. Tudo isto se irá realizar, graças ao perverso aperfeiçoamento das futuras roupas aerodinâmicas e da ginástica irracional. Todas as espécies de corpetes vão ser reactualizadas, com vista a fins extrafinos; empregar-se-ão novas e incómodas peças anatómicas artificiais a fim de acentuar o sentimento atmosférico de um seio, de uma nalga ou de um calcanhar (vão ser indispensáveis ao trajo citadino uns seios falsos extremamente doces e muito moles, ligeiramente caídos e suspensos nas costas). O sorriso espectral será provocado artificialmente, por meio de fibras metálicas vibratórias dos chapéus. Mas o modelo incontestável, o sensacional antecedente do vestuário espectral, continuará a ser, até novas ordens, o trajo de Napoleão. Chamo sobretudo a atenção para o calção, o bom (bom para comer) calção de Napoleão, que põe em evidência aqueles volumes superfinos, ternos e disfarçados, que vocês conhecem tão bem como eu; tudo isso graças aos seguintes factores: abdómen e coxas «desmontáveis», separáveis, isoladas, atmosféricas e espectrais, superfinamente brancas e todas sobre fundo negro; sem falarmos já da forma que tem a silhueta da restante vestimenta (incluindo o chapéu) de todos já conhecida.

Tradução de Manuel João Gomes.

Salvador Dalí

Salvador Dali nasceu em Figueres, Espanha, a 11 de Maio de 1904. Conhecido pelo seu trabalho no domínio das artes plásticas, sobretudo enquanto nome maior do movimento surrealista, Dali foi também autor de algumas obras literárias, entre as quais a autobiografia intitulada A Vida Secreta de Salvador Dali (1942). Amigo íntimo de Federico García Lorca e de Luis Buñuel, com quem colaborou na curta-metragem Un Chien Andalou, Salvador Dali produziu mais de 1500 quadros ao longo da sua carreira, ilustrações para livros, litografias, desenhos para cenários e trajes de teatro, um grande número de desenhos, dezenas de esculturas e vários outros projectos. Morreu no dia 23 de Janeiro de 1989.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home