12.2.07

IVG #56 (último)

59,25%
Pena que ainda não tenha sido inventada uma pílula do dia seguinte contra as alarvidades que vêm germinando neste pós-referendo. A maior de todas elas é assinada por uma tal Mafalda, no Blogue do Não. Atentem-se nesta declaração: «Venceu a cultura da morte! 11 de Setembro, 11 de Março, 11 de Fevereiro. Datas manchadas pela morte!» Merece isto algum comentário? Ia eu a caminho da escola com a minha filha, e ouço na Antena 1 alguém falar em «matadouros de bebés» e «matança indiscriminada de crianças». Merece isto algum comentário? Os sábios comentadores que por aí pululam também retiram as mais extraordinárias conclusões políticas do referendo. Comentam tudo e mais alguma coisa, sabem tudo e mais alguma coisa, querem retirar lucro de tudo e mais alguma coisa. Eles sabem tudo, têm o dom de saber tudo, até sabem por que votaram os portugueses que votaram naquilo em que votaram, eles têm capacidades que não lembram aos heróis da Marvel. Eu só posso falar do que sinto: sinto que esta é uma vitória contra o mediavelismo e a hipocrisia daqueles que afirmam coisas como a Mafalda do Blogue do Não. Sinto que esta é uma vitória de todos, à direita, à esquerda, ao alto, ao baixo, ao centro, quantos se opõem a um país que há muito chafurda nessa mentalidade medíocre, fanática e esquizofrenicamente insensível aos problemas de milhares de pessoas que não se revêem no discurso dos «matadouros de bebés». É uma vitória de todos quantos não se revêem nesse país de gente desonesta, cobarde, rancorosa, inconsciente, desequilibrada, canalha, como essa Mafalda do Blogue do Não. Que a vitória do SIM não se confunda agora com um FIM em si mesmo, é o que espero. E que os políticos façam, quanto antes, aquilo para o que são pagos: legislem.
#1 / #2 / #3 / #4 / #5 / #6 / #7 / #8 / #9 / #10 / #11 / #12 / #13 / #14 / #15 / #16 / #17 / #18 / #19 / #20 / #21 / #22 / #23 / #24 / #25 / #26 / #27 / #28 / #29 / #30 / #31 / #32 / #33 / #34 / #35 / #36 / #37 / #38 / #39 / #40 / #41 / #42 / #43 / #44 / #45 / #46 / #47 / #48 / #49 / #50 / #51 / #52 / #53 / #54 / #55

4 Comments:

At 2:30 da tarde, Blogger LB said...

Vasco Lobo Xavier, no blogue do não: «Desejo que todos aqueles que votaram SIM de forma bem-intencionada conduzam as suas vidas futuras apoiando de um modo tal a maternidade e a vida que não venham a ser atormentados pelos fantasmas de milhares de fetos no momento do juízo final».

É genial.

 
At 3:42 da tarde, Blogger hmbf said...

Essa também é boa, é. Mas tem um lado cómico que a outra não tem.

 
At 3:48 da tarde, Anonymous J. Urbano said...

Em suma: uma fatia considerável do Não revelou mau perder. E como são desagradáveis ou como mostram o seu verdadeiro carácter quando um assunto deste calibre( tão susceptiveis são e tanto é o seu amor pela vida "bacteriana") não lhes corre de feição. Não conhecemos essas garras afiadas e esgares de qualquer lado, de um milenar Portugal autoritário, castrador, sonâmbulo...

 
At 6:14 da tarde, Blogger hmbf said...

Olá João. Engraçado como agora anda tudo com o «vinculativo» na boca. Pior é que parecem não fazer a mínima ideia do que significa «vinculativo».

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home