12.11.07

JUAN CARLOS E SCOLARI

A abordagem jornalística ao famigerado incidente na Cimeira Ibero-Americana é típica do mundo em que vivemos. Diz-se que o Rei Juan Carlos mandou calar Hugo Chávez, mas ou a minha capacidade de percepção está gravemente deteriorada ou não foi nada disso que sucedeu. Enquanto Zapatero tentava, num registo paternalista do tipo Paula Bobone, dar uma lição de moral e de etiqueta ao suíno Chávez, este interrompeu-o para reafirmar uma das patacoadas que já tinha disparado e sublinhar que dizia o que bem entendia e como entendia onde quer que entendesse. Foi na sequência da interrupção que o Rei Juan Carlos, perdendo também ele a compostura, perguntou a Chávez: «Por que não te calas?» A pergunta talvez devesse ser interpretada no sentido de “espera lá um bocado, pá, não interrompas quem está a falar”, o mesmo sentido que se escuta na voz que julgo ser a da moderadora da cimeira, mas foi interpretada como um gesto assertivo do rei que, segundo a imprensa, terá mandado calar Chávez. Ora, não creio que tenha sido essa a intenção do rei, embora pudesse ter sido essa a sua vontade. Na verdade era Chávez quem estava a pedir que o mandassem calar. Aliás, há muito que o suíno Chávez denota uma certa cumplicidade com gestos do género. Ele, que tanto gosta de mandar calar os outros, apenas se limitou a pedir que alguém o mandasse calar a ele. O Rei Juan Carlos esteve perto de lhe fazer o favor, pena que o não tivesse feito de facto. A intervenção do Rei de Espanha ficará apenas para a política internacional como a agressão de Scolari a um jogador sérvio ficou para o futebol europeu. Decepcionante.

2 Comments:

At 2:14 da tarde, Anonymous Temcoisas said...

O Rei Juan Carlos é um homem de bem.
Já se esqueceram da intervenção corajosa dele frente a outro suíno, esse de inspiração direitista,o Tejero Molina, ao passo que o suíno Chavez é de pretexto esquerdista?
O Fialho tem razão, a intervenção do Rei foi isso mesmo: Cala a caixa, ó camelo, deixa os outros falar, ó na sabes o que é a tolerancia?
O camelo suíno Chavez, adorado por certos lepidópteros de cá, não sabia.
Deixemo-nos de porrinhas: esse herói vai dar cabo do resto que o suíno Fidel começou a estragar, com fuzilamentos e porrada "progressista".
E o Che, que esse suíno atraiçooou e por isso foi para a Bolívia, onde outros suínos o liquidaram?
Vale mais um dedo do Juan Carlos que toda a enxúndia do Chavez e Companhia.

 
At 7:51 da tarde, Blogger Vitor_Vicente said...

O Chavez é a versao esquerdista do Bush: tem por boas oportunidades de estar calado quase todas as vezes que abre o bico.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home