18.12.07

PONTOS DE VISTA


As conclusões deste estudo são muito interessantes, embora o estudo fosse, a meu ver, completamente desnecessário. Tendo em conta os comportamentos da generalidade dos estudantes universitários, eu optaria antes por tentar estudar o que distingue dos símios estes espécimes de capa e batina negras. No entanto, continuamos a partir de premissas erradas em termos de ciência. Digo isto porque, para as autoras do estudo em causa, «os macacos até estão mais distantes de nós do que os chimpanzés, os nossos parentes mais próximos». Insistimos nesta perspectiva errada de que são os macacos que estão mais distantes de nós, quando, na realidade, somos nós que nos afastamos, cada vez mais, da sanidade dos macacos.

6 Comments:

At 7:06 da tarde, Blogger mcp said...

Discordo veementemente! Os macacos estão seguramente mais distantes de nós, ou pelo menos de mim, porque eu fujo deles. Farto de aturar macacos estou eu e, se tu gostas deles, atura-os tu. Só tenho pena ter que levar com eles quase todos os dias! (Porque há dias em que não saio de casa...)

 
At 11:29 da tarde, Blogger hmbf said...

Talvez tenhas razão. ;-)

 
At 12:06 da manhã, Blogger etanol said...

Eu tenho macacos no nariz quando não o limpo!
Maria João

 
At 10:52 da manhã, Blogger hmbf said...

Eu é mais na cabeça. Ando cheio de macacos na cabeça.

 
At 10:54 da manhã, Blogger mcp said...

Uma coisa é certa, eles estão por todo o lado... (com os do meu nariz, confesso que me divirto)

 
At 1:30 da tarde, Blogger hmbf said...

A Matilde colecciona-os na porta do meu carro.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home