26.3.08

AVISO À NAVEGAÇÃO

A dezassete do último mês de Janeiro, escrevi ao Henrique Fialho pedindo-lhe guarida para os meus poemas inéditos no Insónia. A sua resposta foi generosa como se constata. Desde então, três poemas por semana têm vindo a partilhar a sua própria luz, num caudal de desejo, onde a foz é um livro.

A partir de hoje, os poemas já editados bem como os próximos, serão arrumados de acordo com a construção momentânea do livro. O mesmo sustenta um titulo de gratidão: Insónia em Segunda Mão.

Até ao final (?) tudo está em aberto. Tanto para introduzir alterações na escrita, no aniquilamento público de poemas, ou até mesmo, na tomada de decisão pela não edição do livro. Logo se verá.

Aproveito para agradecer a todos os que têm expressado opinião sobre os meus escritos e dizer-lhes que não me salvando desta malfadada tristeza que carrego, são no entanto suaves festas no rosto de minha alma.


Lisboa, 26 Março de 2008. Portugal.

Jorge Aguiar Oliveira

5 Comments:

At 12:27 da tarde, Anonymous Fernando Dinis said...

Que venha mesmo o livro!

 
At 1:35 da tarde, Blogger etanol said...

Já disse que gosto muito da tua presença no Insónia, vou continuar a acompanhar o que escreves e aguardo com curiosidade o livro!
Maria João

 
At 3:16 da tarde, Blogger manuel a. domingos said...

o livro! o livro! venha ele

 
At 9:42 da tarde, Anonymous Anónimo said...

força nisso.

Rui Costa

 
At 11:36 da tarde, Blogger rui said...

Sim, o livro. Sim, gosto dos seus posts, não só os de produção própria, mas também os de divulgação de novidades. Sim, gosto de estar a ver um livro a nascer.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home