4.3.08

O momento ternurento que me chegou a alimentar algumas esperanças aí pela meia noite e meia foi quando, na página 93, MdCarvalho constata que ao personagem Gustavo lhe «desagradava que ela usasse roupa interior desirmanada», suscitando-me inclusivamente que se devia criar a grande ‘Desirmandade das Cuecas’ a fim de recolher e apoiar aqueles que não conseguem dar um flic flac na presença dum soutien que não condiga...

1 Comments:

At 2:20 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Muito bom o seu blog!!!
Já valeu a pena começar minha manhã assim!
Um abraço do Brasil,
Marcele

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home