16.4.08

INÉDITOS DE JORGE AGUIAR OLIVEIRA #33

CARJACKING, TRAILER 1


Nem sempre me apetece
escrever pico, turfa ou alto mar
para te segredar
ando com os passos à deriva
ficando só
pelo
estou perdido,
esperando sentado
o revólver colado ao vidro
ameaça
numa perca de tempo
para nada ganhar.

O carro não é meu,
a chave levou o outro,
o dinheiro tem o outro.
Nestes bolsos
areias dum deserto
uma caneta vulgar
e no cadernito
poucas palavras escritas
onde nenhuma serve
o teu pé, chavalo.
Estás como eu:
um assaltante azarado.

Ambos sabemos
pertencer
à gramática sanguinária
o dedo no gatilho

e não é dando uma mão
ao alastramento do medo
que abandonarás
algum dia
as sobras e os vazios.

A mãe o padrasto e
os dois irmãos mais velhos
foram arremessados
para o charco dos sem
trabalho. No andar não
dá para criar galinhas
couves ou alfaces
para fugir da fome
para fugir dos gestos
selvagens.

Falta uma unha
para mastigar
o nylon das calças
as páginas de jornais
e um copo de água
imputável dilacera
a raiva grasnando
nas veias.

Jorge Aguiar Oliveira

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home