9.7.08

DESNASCER

A filha mais pequena pede-me que ligue as janelas. Entre ligar e abrir há apenas alguns meses de introdução ao erotismo elegíaco dos tiranos. Um dia dir-lhe-ei: não é ligar, é abrir. A irmã já lhe diz. Eu não posso, tenho as mãos esgotadas de espera.


Mãe, eu quero ficar sozinho... Mãe, não quero pensar mais... Mãe, eu quero morrer mãe. Eu quero desnascer, ir-me embora, sem ter que me ir embora. Mãe, por favor, tudo menos a casa em vez de mim, outro maldito que não sou senão este tempo que decorre entre fugir de me encontrar e de me encontrar fugindo, de quê mãe? Diz, são coisas que se me perguntem? Não pode haver razão para tanto sofrimento. E se inventássemos o mar de volta, e se inventássemos partir, para regressar. Partir e aí nessa viajem ressuscitar da morte às arrecuas que me deste. Partida para ganhar, partida de acordar, abrir os olhos, numa ânsia colectiva de tudo fecundar, terra, mar, mãe... Lembrar como o mar nos ensinava a sonhar alto, lembrar nota a nota o canto das sereias, lembrar o depois do adeus, e o frágil e ingénuo cravo da Rua do Arsenal, lembrar cada lágrima, cada abraço, cada morte, cada traição, partir aqui com a ciência toda do passado, partir, aqui, para ficar...
José Mário Branco

2 Comments:

At 12:05 da tarde, Anonymous Anónimo said...

na minha opiniao devia referenciar o(s) autor(es) da letra! Os Linda Martini sao uma GRANDEEEE banda! adoro as musicas deles e as letras sao incriveis! esta letra pertence à banda Linda Martini e a musica chama-se "Partir Para Ficar".

 
At 11:57 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Não, pertence a José Mário Branco, numa música de 20 minutos chamada "FMI" (sim o que agora voltou ao nosso país).
Os Linda Martini podem não ter tido o rasgo de génio de redigir este pedaço de poesia, mas tiveram o bom gosto de lhe reconhecer a qualidade. E a "Partir para Ficar" é uma música genial mesmo que a letra seja emprestada.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home