27.10.08

TELEJORNAL


Um presidente da república em minúsculas. Gostava mais dele quando estava sempre calado. Assim que abre a boca, sai asneira. Mais valia emudecer de vez. Uma oposição sem líder, um líder sem oposição. O Rui diz que a Ferreira Leite foi um erro de casting. Inclino-me mais para que o erro de casting tenha sido Portugal. 34 anos de democracia a sermos governados por uma corja de imbecis pendurados em auto-estradas, portáteis minúsculos, diálogos surdos, anedotas, fotografias históricas que hão-de um dia ser a vergonha do nosso passado. Os livros de poesia da Ana Hatherly estavam arrumados na estante da poesia estrangeira. Andamos tão desanimados que até o que temos de bom julgamos vindo lá de fora. Este país é pindérico, passa a vida a passar ao lado de uma grande carreira, este país é como a Raposo no lugar do pendura, toda covinhas no rosto enquanto predispõe as pernas ao gozo de um empresário que invista nela pelo menos tanto quanto investiu nos botões de punho e no BM topo de gama. Andamos todos desgraçadamente a pagar os abusos da filha da putice que nos governa. E de olhos vendados, a justiça espreita pela greta dissimulada porque convém estar atento a quem merece alguma atençãozinha. País diminutivo, país saloiamente assoberbado perante quem pouco mais tem que o corpo que traz na roupa. As ruas de Lisboa cheias de indigentes e putas muitas a cada esquina. Não há pretos no Porto? Há quem faça o trabalho por eles. Cosmopolitismos miseráveis, nem vê-los. Prescindo. Prefiro o tédio da dignidade ao espectáculo miserável da exploração. E na rádio tem razão o humorista quando diz: um grupo de pais reuniu-se à porta da escola reivindicando o direito a professores disponíveis para levar porrada dos alunos. Valha-me a Matilde e o seu primeiro dente a abanar. Era mesmo disto que este país precisava, de uma dentadura nova.

9 Comments:

At 10:17 da tarde, Blogger Afectos said...

ontem hoje e amanhã sem dúvida.

 
At 10:47 da tarde, Blogger RFF said...

Belo texto e que merda de país.
Onde até o Liedson se farta de resolver sempre sozinho....

Abraço

 
At 11:20 da tarde, Blogger nd said...

Li do princípio ao fim, sem pestanejar. Porque conheço bem a filhadaputice deste país, que é também histórica, alegra-me o despertar das consciências, imagino muitas vezes a que preço.

 
At 12:13 da manhã, Blogger Janaina Amado said...

Pois aqui pelo Brasil a coisa não anda tão diferente - muita mendicância, violência e vícios. Não é uma piora de um presidente, é coisa antiga, entranhada.

 
At 12:20 da manhã, Blogger Felisberto Bezouro said...

O problema deste país é a distância do poder, o desfasamento dos caralhos férteis em prol da acéfala fertilidade. Enquanto assim for, vou cagando à pistola.

 
At 9:25 da manhã, Blogger L. said...

portugal sempre teve excelentes técnicos e operários. é ver como se impoem no estrangeiro. acontece na minha área. e em muitas outras. desde o licenciado ao trolha.

o problema, e não é de agora, nem de 1974, nem de 1926, é mais antigo.

portugal há vários séculos que tem líderes medíocres. ou melhor - de merda.

veja-se como se brilha pela mediocridade neste país. como um director mostra ao administrador que poupou à empresa alguns milhares, criando um produto de merda em vez de um produto bom, ganhando a curto prazo e perdendo a longo prazo.

 
At 1:58 da tarde, Blogger etanol said...

A dentadura do pais é mesmo uma ruína!
Maria João

 
At 4:20 da tarde, Blogger apedroribeiro said...

filha da putice, tédio e capital.

 
At 7:07 da tarde, Blogger hmbf said...

obrigado a todos pelos comentários

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home