20.5.06

Retracto-me.

O livro de Manuel Maria Carrilho, afinal, está a cumprir alguns dos seus objectivos. Veja-se esta notícia de capa (hoje!!!!!) no Expresso: «DOIS estudos sobre os «media» portugueses indicam que cerca de 70% das notícias publicadas em jornais diários têm como fonte agências de informação e assessorias de imprensa. São trabalhos que credibilizam a teoria de que as chamadas «fontes organizadas» influenciam a agenda das redacções, mas não prova que elas tenham o poder de orquestrarem campanhas negativas para derrotarem candidatos a cargos públicos, conforme Manuel Maria Carrilho tenta demonstrar no seu polémico livro Sob o Signo da Verdade Gosto especialmente do mas, do que vem a seguir ao mas, pois julgo extraordinário que um estudo do género, seja ele qual for, consiga provar a inexistência de maquinações. Aliás, diria mesmo que com estudos destes não precisamos da judiciária para nada.
#1 / #2 / #3 / #4 / #5 / #6

2 Comments:

At 6:03 da tarde, Anonymous Anónimo said...

MAS... agências de comunicação já há há muito tempo, e toda a gente sabe. Carrilho também pois contratou uma para a sua campanha...MAS correu mal e toca a "denunciar"... haja paciência!

 
At 6:47 da tarde, Blogger hmbf said...

Qual foi a agência de comunicação que Carrilho contratou para a sua campanha?

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home