1.9.06

Caso Mateus


O presidente do Gil Vicente, António Fiúza, diz que «o caso Mateus já ultrapassou as fronteiras de Portugal e mesmo do mundo». Cunha Leal, director executivo da Liga Portuguesa de Futebol, regressa de férias para, em conferência de imprensa, pedir a demissão do presidente da Liga. Citando o presidente do Nacional da Madeira, afirma: «No outro dia o presidente do Nacional da Madeira falou, com alguma deselegância, na lei do major. Mas parece que é, parece que é.» Já Gilberto Madaíl, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, afirma que «apesar das pessoas afirmarem coisas que deviam afirmar, mas enfim a gente compreende». (sic) Que podemos nós esperar desta gente que nem falar sabe? Que saibam ler e interpretar leis? Será possível esperar que se entendam? Ao pé disto, o Gato Fedorento é um tédio.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home