3.11.06

RECUSA

Gosto muito mais
De olhar as estrelas
Que de assinar uma sentença de morte.
Gosto muito mais
De escutar a voz das flores
Que murmuram: ‘é ele!’,
Quando passo pelo jardim,
Que ver as armas
Que matam aqueles
Que me querem matar.
É por isso que eu nunca,
Nunca
Serei governo!


Tradução de Manuel de Seabra.

Velimir Khlebnikov

Velimir Khlebnikov, pseudónimo de Viktor Vladimirovich Khlebnikov, nasceu perto de Astrakhan, em 28 de Outubro de 1885, no seio de uma família de intelectuais. Matemático e naturalista por formação, Khlebnikov abandona essa disciplina para se dedicar primeiro ao desenho, depois à literatura. Pertenceu ao movimento futurista Russo denominado Hylaea, do qual também faziam parte Mayakovsky, Kruchenykh e Burliuk. O seu primeiro livro apareceu em 1913: O livro das orações dos três. A primavera de 1916 abre um período difícil na sua vida, que se prolonga até à revolução de Fevereiro: convocado ao serviço militar, tenta escapar à guerra procurando asilo psiquiátrico. Morre de septicemia, depois de passar por sofrimentos atrozes, em 28 de Junho de 1922.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home