20.9.07

Insónia é uma grilheta
Insónia é uma prisão
Insónia é um círculo vicioso

Precisamente neste momento
Dentro da minha cabeça
Dentro dos ossos

O meu pescoço roda
Cartilagens movem-se
Gosto do som dos meus próprios ossos

No meio desta emergência
Penso em ti
E só em ti

No meio de todo este sangue insone
Os teus lábios rosa
Os teus braços espreguiçando-se

Não consigo respirar sem ti
Mas este monte de costelas
Lá vai funcionando
Mecanicamente


17/5/82
Lancaster, Ca.


Tradução de José Vieira de Lima.

Sam Shepard

Sam Shepard nasceu no dia 5 de Novembro de 1943 em Fort Sheridan, no estado de Illinois. Tendo escapado à guerra do Vietname alegando dependência da heroína, exerceu vários ofícios antes de se tornar actor e dramaturgo. Trabalhou também como argumentista em filmes como Zabriskie Pointe, de Antonioni, e Paris, Texas, de Wim Wenders, e colaborou com artistas como Bob Dylan e Patti Smith, entre muitos outros. Autor de mais de quarenta peças de teatro, publicou, em 1983, as Motel Chronicles (Crónicas Americanas), pequeno livro de fragmentos autobiográficos do qual retirámos o poema acima transcrito.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home