12.9.07

MARTELOS E FARQUILHAS



Impressionante, a quantidade de escribas indignados com a presença, na Festa do Avante, de organizações ligadas às FARC. Impressionante, mesmo. O tema deu prosa para todos os gostos, assim como para a falta dele. Mas ninguém explicou como justificar a Festa do Avante se a pretendemos sem a presença de organizações ligadas às FARC. Sendo as FARC apoiadas pelos comunistas, e sendo estes quem apoia as FARC, uma Festa do Avante sem comunistas seria algo um pouco estranho. Para que não estivessem representadas, na Festa do Avante, organizações ligadas, mais ou menos directamente, às FARC, o resultado seria um recinto desértico, uma Festa sem festa. Enfim… Entretanto, o Estado português não recebe o Dalai Lama, segundo o Ministro dos Negócios Estrangeiros, por razões óbvias. São elas, como todos sabemos, as excelentes relações comerciais que o país (Portugal, não o Tibete) mantém com a China. Este país não é uma festa, mas ninguém lhe pode negar a vocação para o teatro… de fantoches.

2 Comments:

At 12:14 da manhã, Blogger Nelson said...

ora aí está o dedo na ferida, "hipocrisia feita à maneira" que a demagogia já não chega,
nelson

 
At 1:08 da manhã, Blogger hmbf said...

Cara de pau...

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home