10.9.07

DOCE COMO AVES DE RAPINA É O AR…


Doce como aves de rapina é o ar
Nunca assim pairei sobre homens e árvores
Nunca mais assim descerei a pique através do sol
Arrastando a presa para a luz
E voando para longe através do verão!


Tradução de João Barrento.

Sarah Kirsch

Sarah Kirsch
, pseudónimo de Ingrid Bernstein, nasceu na Alemanha em 1935. Mudou de nome como forma de protesto contra o anti-semitismo de seu pai. Estudou Biologia e literatura em Leipzig, tendo também trabalhado numa refinaria de açúcar. Em 1965, casou com o escritor Rainer Kirsch. Fixou-se em Berlim-Leste em 1969, mudando-se para Berlim Ocidental na sequência de um protesto contra a expulsão, ocorrida em 1976, de Wolf Biermann. Estreou-se na poesia em 1967, com o livro Landaufenthalt (No campo). Além de poesia, escreveu obras em prosa e traduziu vários livros infantis.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home