20.12.07

TEORIA LÍRICA (3. policial)

1. A idade certa para casar é ele com 34 anos e ela com 27. Sobretudo num comboio como este, que não pára em nenhum estação ou apeadeiro.

2. De repente um enorme campo de arroz, um homem e uma mulher. O homem segura a mulher como um utensílio agrícola. Uma pequena pá talvez, ou um objecto mais suave que não sofre com a força da mão.

3. Admitindo que o comboio não avança em piloto automático, um terceiro elemento existe: o condutor. É ele quem sai agora da sua cabine com uma caneta na mão. ´

4. No campo de arroz, a mulher encomenda uma estação favorável abrindo muito as pernas. Desta vez não sente prazer, não quer, acontece-lhe apenas uma vez por ano. É uma mulher feliz.

5. O comboio prossegue, sozinho, sobre a imensa recta do país plano.

O condutor do comboio vê a mulher ao fundo do corredor e escreve: vejo a mulher ao fundo do corredor e escrevo; não sei se a amo, é a primeira mulher que vejo em toda a vida.

6. A imagem seguinte é a de uma cabeça deitada na mesa, sobre os braços, o cabelo castanho tapando-lhe os olhos.

7. Nessa noite o condutor do comboio vê: o campo alagado, visões brancas e algo baças como figuras projectadas através de uma folha transparente.

8. Nenhum alerta veio ou sinal de inquérito. O comboio pára ali; as quatro mãos morenas interrompem o trabalho e olham.

9. Na janela do comboio os dois, apenas os dois.

10. Nenhum crime, nenhuma dor, nenhuma lembrança. Que melhor podes ter para começar.


Rui Costa

6 Comments:

At 12:02 da tarde, Blogger Pedro said...

sim, nada melhor para começar, aliás, qualquer outra forma seria um "recomeçar".
Muito bom, Rui, assim como toda a série "teórica" que tens vindo a publicar aqui.

Abraço
Pedro Afonso

 
At 12:44 da tarde, Blogger etanol said...

O romantismo é um comboio, UuuuU UuuuU UuuuU!
Maria João

 
At 6:47 da tarde, Blogger blimunda said...

-ou um objecto mais suave que não sofre com a força da mão- forte,muito forte este poemaprosasonho.

 
At 10:12 da tarde, Anonymous Anónimo said...

bolas... impossível não dizer que não se pode ficar indiferente...

ana

 
At 12:44 da tarde, Anonymous Anónimo said...

obrigados, até já

Rui Costa

 
At 3:03 da manhã, Blogger loucomotiva said...

muito bom.
Rui aproveito para te desejar uma óptima viagem para 2008.

Jorge Garcia Pereira
www.loucomotiva.com

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home