20.2.08

ISTO INTERESSA-ME #5 (O RESCALDO)

Fernanda Câncio, no Cinco Dias, aclara a questão: «eu, como a maioria das pessoas que escreveu no blogue sim no referendo, conheço o miguel abrantes. vi-o, jantei com ele, sei onde trabalha. e sei que não é assessor do governo. mas, sendo as coisas e as acusações o que são, este meu affidavit não deve servir de muito ao miguel abrantes (nem a mim, for that matter). paciência — é a verdade». Depois disto, e perante as sucessivas fugas para a frente do promotor do boato, que não só não prova o que afirma como subverte o que outros escrevem, não nos resta senão deduzir que é paupérrima a estirpe de alguns jornalistas portugueses.

3 Comments:

At 3:53 da tarde, Blogger c said...

"não nos resta senão deduzir que é paupérrima a estirpe de alguns jornalistas portugueses"

Alguns, são os de boa estirpe...

 
At 4:19 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Vai-se ver os nomes do Cortafitas e fica-se meio temeroso: são nomes que, sem que saiba quem são, me parecem ter uma qualidade aristocrática evidente.

Não há lá nomes vulgares, é tudo de categoria.

Não quero dizer mais nada, é só para sublinhar isto.

Que me parece ter um eco nada vulgar.

António Joaquim

 
At 12:23 da manhã, Blogger Vida Involuntária said...

Mas, esse enxame construtor de colmeias da boataria mais retorcida, não tem nenhum "Público" de serviço que os desanque?

Maria Albertina

(p'ra que foste nessa
de chamar Vanessa
à tua menina?)

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home