27.6.06

p a l a v r a s


Não digas alma, diz corpo. Não digas morte, diz vida. Não digas memória, diz esquecimento. Não digas coração, diz pulmão. Não digas amor, diz ódio. Não digas ideia, diz afecto. Não digas boca, diz mão. Não digas vento, diz respiração. Não digas luz, diz sombra. Não digas noite, diz crepúsculo. Não digas palavra, diz imagem. Não digas casa, diz rua. Não digas outro, diz eu. Não digas heroísmo, diz medo. Não digas mãe, diz poesia. Não digas céu, diz chão. Não digas flor, diz fruto. Não digas silêncio, diz ruído. Não digas ruído, diz eco. Não digas nada, diz tudo.
4 de Maior de 2005

2 Comments:

At 12:54 da tarde, Anonymous Anónimo said...

ene palavras para quem uma palavra basta.

fep

 
At 9:35 da tarde, Blogger etanol said...

dizer e não dizer.
Maria João

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home