16.9.06

O último parágrafo

Os weblogs ditos de direita, que gostam tanto de citar Vasco Pulido Valente, parecem ter-se esquecido do artigo que o reputado articulista publicou no Público de ontem. Deixo o último parágrafo: «A ideia de que o Ocidente deve promover a democracia ou a justiça é uma ideia colonial. Quando fala na “defesa da civilização” Bush repete às sua maneira os sermões da esquerda sobre o desespero e a pobreza das massas muçulmanas. Parece que “o homem branco” voltou a carregar o seu “fardo” e se prepara outra vez para reformar a terra. Felizmente, o “homem branco” já não quer reformar a terra, quer petróleo. Interessa ao Islão (ou parte dele) vender petróleo e comprar tecnologia, interessa ao Ocidente comprar petróleo e vender tecnologia: e é bom que as coisas fiquem por aqui. Isto implica evidentemente inverter a política de Bush e Blair: da ingerência para a não-ingerência e de uma total tolerância interna (como em Inglaterra) para duras regras de cidadania. A confusão alimenta o terrorismo, a clareza contribui para o isolar e conter.»

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home