20.10.06

HINO

Ministro
*
soldado, soldado, vem me violar estou tão erma desvalida uma avó a rezar. por atenção furtar. sol forte tão maduro a gente a queimar. a perna o pé o outro emprego. da força mais do centro imaginar. não canto mais não fico assim perdida não vou contigo ao Guga Park ver girafas. nem quero jogar ténis aprofundar a existência ser princesa ou ter o ar de moça séria. Pensou muito, eu. E por isso fartou de começar. Por favor soldado, poderia me matar. Sou cínica para que você saiba se defender de mim. Mata com força, meu soldado. Mas não deixa o amor atrapalhar.

Rui Costa

4 Comments:

At 8:01 da tarde, Blogger etanol said...

Hino para cantar em português do Brasil!
Maria João

 
At 1:05 da manhã, Blogger Vida Involuntária said...

"Péssimo poema, bem sei,
mas só me anima a vontade de dizer"

JMM

 
At 1:47 da manhã, Blogger dama said...

Gostei.

 
At 6:57 da manhã, Anonymous Anónimo said...

fui ali ao sambódromo perdi-me
Rui Costa

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home