22.11.06

Raramente têm dúvidas e nunca se arrependem.

Ao ver a notícia dos 7054 civis mortos no Iraque durante os passados meses de Setembro e Outubro, lembrei-me de muitos rostos. Não são rostos de mortos, mas rostos de vivos. Gente que apareceu nas primeiras filas da TV, nas páginas de opinião dos jornais, na rádio, a defender aquela invasão, a defender aquela guerra. Arrependam-se, é a única coisa que podem agora fazer pelos mortos.

2 Comments:

At 12:04 da manhã, Anonymous Luís said...

A condição para que a Paz exista, é a Justiça. A melhor homenagem que podemos fazer aos mortos é reclamá-la para os vivos.
E já agora...zarpar...como diria o Zeca.
Um grande abraço

 
At 8:47 da manhã, Anonymous hmbf said...

Em nome de que justiça se justificam tantos mortos inocentes? A justiça americana, britânica, portuguesa?
Saúde,

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home