3.3.07

Versos que nos fazem parar

Há dois versos do poeta que agora leio que me fazem parar subitamente: «uma realidade incapaz de língua, / uma língua incapaz de homem» (Silva Carvalho). Só podem ser bons os versos que nos fazem parar como uma criança que se nos atravessa pela frente.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home