10.4.07

Mi barba nazarena.

Ultimamente tenho-me impressionado imenso com a quantidade de pessoas à minha volta que ainda acredita em Deus, tem fé no Jesus milagroso e é devota da Igreja de Roma. Já aqui tentei expor algumas razões que não fazem de mim mais um cristão entre muitos, pelo que não regressarei ao tema. Também não quero aprofundar a minha perspectiva acerca da Igreja de Roma, embora, de quando em vez, não resista a citar aqueles fiéis que adoram missas mas detestam práticas verdadeiramente cristãs. Como sabemos, parece-me isso inquestionável, a própria Igreja não é lá grande exemplo para aqueles que preferem o linguarejar do dogma à prática, pela acção, da palavra do Senhor, o que faz com que a maior Igreja do mundo, na realidade, seja a dos não praticantes. Hoje quero mesmo é centrar-me em Deus, pois há dias, perdido no desespero das insónias, pus-me a falar com ele na esperança que o sono viesse. E veio. Isto só prova que Deus existe e que, diga-se o que se disser, é um lenitivo do melhor que há. Quanto ao resto, continuo na minha: o transcendente não existe, o que existe é elevadores defeituosos.

7 Comments:

At 11:09 da tarde, Blogger etanol said...

E a mãe Natureza, essa existe, com a mudança das estações que alteram os sonos e flores lindas na primavera que provocam alergias,somos Natureza e ela está para além de nós, transcende-nos, somos uma mera poeira, vou mais por aí.
Maria João

 
At 11:15 da manhã, Blogger MC said...

Gostei dos "elevadores defeituosos" :)))

Mas não serão eles que impedirão a ascensão.

"Como duas pessoas que se amam verdadeiramente", será uma pálida imagem de Deus, mas serve para começar...

 
At 5:38 da tarde, Blogger hmbf said...

Maria João, o que está para além de nós começa e acaba em nós. Não confundir nozes comigo. :)

MC, também não serão eles que impedirão a queda. ;-)

 
At 7:46 da tarde, Blogger MC said...

sabes que mais??? Não? ;)

prefiro ser um elevador defeituoso a confiar no ascensorista, do que por medo de me estatelar, ficar a olhar para os pés. Ainda por cima de barro, como são os nossos. Quero dizer, os meus. "Não confundir nozes" :)

Mas tu és demais: até o título do post... :)))

 
At 8:25 da tarde, Blogger etanol said...

Bem, nozes não é mau, mas Deus é capaz de ser um boné, entendo a ideia, mas sou deveras irracional e meia doida como sabes, tenho um lado metafisico.
Maria João

 
At 3:18 da tarde, Anonymous hmbf said...

mc, tu é que ainda não deste por isso, mas eu sou o messias :)

maria joão, descobriste a careca a deus: Ele é um boné :))))

P.S.: podem não acreditar, mas juro pelo boné que a palavra de verificação que vou ter de escrever é: inri

 
At 11:11 da tarde, Blogger etanol said...

Não fui eu que descobri, foi o meu amigo holeart, na biografia da madre Maria da Cruz, da qual acredita que é uma reencarnação que se passeia nas ruas do Porto.
Bom, vou acabar as bruxinhas de vez, que sinto que já não digo coisa com coisa. Vou fazer o possível e impossivel para ir ao Da Mariquinhas amanhã.
Maria João

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home