6.10.07

Uma força íntegra
amplamente disposta.

O ar
varado no seu diâmetro
por um nervo.
O eixo radicular
atravessado de nódulos ou foles.
E a contiguidade de homens,
distribuídos pelo sopro
ao longo da morte.

Por cima a loucura
num movimento tubular.

Jorge Melícias
Imagem respigada aqui.

Jorge Melícias nasceu em 1970. Estrou-se na poesia com Ahagahe, publicado pela A Mar Arte em 1994. Traduziu, entre outros, livros de Saint-John Perse, Leopoldo María Panero, António Gamoneda e Charles Baudelaire. Está representado em algumas antologias e possui colaboração dispersa por várias revistas.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home