7.12.07

FACÍNORAS

Diz-se por aí que Portugal encheu-se de facínoras. É a nossa sina, receber bem. Não sabemos fazer mais nada. Estamos, irremediavelmente, transformados num país de serviços.

2 Comments:

At 9:19 da tarde, Blogger PV said...

O problema de Portugal mas sobretudo das "elites" portugueses reside num remoto defeito de percepção de si, uma espécie de fingimento original, como no sindroma do batráquio onde este se imagina em borboleta. Penso que grande parte dos dissabores sofridos tem como origem essa distorção.

 
At 9:31 da tarde, Blogger hmbf said...

Muito saboroso, esse dissabor.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home