14.12.07

HÁ QUANTO TEMPO FOI 2006?

*
Quatro caminhos levaram-me a esta selecção, em imagens e palavras, do 2006 blogosférico. O Insónia aparece por lá. Fico agradecido ao autor, principalmente por ter escolhido uma pergunta. Este é, SEM DÚVIDA, um weblog em permanente estado interrogativo. Mesmo quando não parece.

2 Comments:

At 5:42 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Direi que o problema da Byblos foi querer abrir antes do Natal. Precisavam de mais tempo. Estive lá hoje e por exemplo o último livro do Delillo estava por engano com o bonito preço de 26 euros. A precipitação tem destas coisas. E claro faltavam muitas novidades etc e tal. E os tais fundos eram ainda escassos. Mas os empregados pareceram-me atentos e gentis, o que é um bom sinal. Parece-me é que o post do Pitta é completamente descabido e de uma exigência pífia. A livraria ainda agora nasceu e logo a má digestão do Pitta nos incomodou com um longo arroto. Parece-me uma reacção deplorável e um tanto mesquinha. Nunca o vi atacar a FNAC, assim como a sua mais recente política de exclusão, eliminando com tudo que sejam pequenas editoras ou com todas as publicações que não sejam distribuidas pelos colossos da distribuição. E será que o Pitta faz ideia do que é para as livrarias a temporada do Natal.Muitos dos livros entregues à um mês só agora estão a chegar aos escaparates e muitos deles só verão a luz eléctrica lá para janeiro. Bom, seria uma longa conversa esta em torno dos novos contornos do negócio dos livros. Agora atacar uma livraria que mal nasceu, mesmo que precipitadamente e sabendo que o que nasce torto..., parece-me uma precipitação e até um tanto reles.

 
At 6:20 da tarde, Blogger hmbf said...

Desconfio que este comentário caiu no post errado. Seja como for, não me parece que o post do Pitta seja mau. Julgo que a reacção deve-se à megalómana inauguração da livraria, anunciada como uma espécie de santuário dos livros quando, como sabemos, essas coisas levam tempo. Ou seja, um pouco de humildade nas inaugurações não faria mal nenhum. Antes pelo contrário, evitaria equívocos e predicações precipitadas.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home