2.6.08

MICROBIOLOGIA #18

HORA DA SENTENÇA

Só de imaginar, quase conseguia ouvir o estrondo da porta da prisão a fechar-se.
A liberdade perdera-se para não mais voltar, e ela já não era dona do seu próprio destino.
Ideias selvagens de fuga atravessavam-lhe a mente. Mas ela sabia que não havia escapatória.
Voltou-se sorridente para o noivo e repetiu a palavra, “Aceito.”

Tina Milburn
(Versão [livre] de HMBF)
#1 / #2 / #3 / #4 / #5 / #6 / #7 / #8 / #9 / #10 / #11 / #12 / #13 / #14 / #15 / #16 / #17

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home