2.2.06

Será o poema essa coisa ínfima
Que rodeia o corpo e a ausência?

Essa parte ínfima

Que arde
E sempre está a arder
Na rosa insuspeitada?

Tradução de Fernando Eduardo Carita.

Yves Namur

Yves Namur nasceu em 1952 na cidade de Namur, Bélgica. Membro mais jovem de sempre da Académie Royale de Langue et de Littérature Françaises, é um dos mais consagrados poetas da actualidade na Europa. Os seus livros dos quais se destacam Fragments de l’innachevé, Le livre des sept portes, Une parole dans les failles, Le livre des apparences, La petite cuisine bleue ou Les ennuagements du cœur granjearam ao autor uma enorme fama internacional e vários prémios (Prix Charles Plisner ; Prix Jean Malrieu, 1992 ; Prix Louise Labbé) e encontram-se traduzidos em mais de uma dezena de línguas. (in Figuras do muito obscuro)

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home