15.6.07

TOLERÂNCIA 0

O Vaticano exortou os católicos a retirarem o seu apoio financeiro à Amnistia Internacional devido ao recente compromisso da organização de defesa dos direitos humanos em prol da despenalização do aborto. »

1 Comments:

At 11:21 da manhã, Blogger Amélia said...

Sou membro da secção portuguesa da AMI. Fui baptizada (não me pediram opinião,que, de resto, com meses de vida não podia terv e menos ainda exprimir), mas não sou religiosa (na verdade sou ateia).
Não reconheço mais legitimidade moral a este Papa e à sua Igreja, que pouco se ralam com a morte de milhares de inocentes em África e noutros países, ou com as mulheres apedrejadas ou assassinadas por adultério ou simples recusa de casar forçadamente pela família;que continuam a querer e em muitos casos a gozar de isenções de impostos, e de lugares protocolares de honra, - do que à Ammnistia Internacional, que iniciou, lembemo-nos, a sua actividade a partir de uma notícia respeitante a um preso político português - e que não precisa, efectivamente,deste Papa.
Quem se sai mal é a Igreja e o seu líder, não a A.I.Ainda hão-de voltar a querer outros Galileus...

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home