15.1.08

DIZEM QUE É AMIGO DO SEU AMIGO

Começou num balcão na dependência da Caixa Geral de Depósitos (CGD) em Mogadouro. Filiou-se no PS após a Revolução dos Cravos. Com apenas 30 anos, já representava o PS na AR. Deixou para trás um curso de Filosofia na Universidade Nova de Lisboa, acabando por licenciar-se em Relações Internacionais na variante de Cooperação na Universidade Independente (UnI) em 29 de Julho de 2005. Nos governos "rosa", foi secretário de Estado da Administração Interna (1995-97), secretário de Estado adjunto do ministro da Administração Interna (1997-99) e ministro adjunto do primeiro-ministro (1999-2000). Já em 2000, passou a ministro da Juventude e Desporto. Pediu a demissão após notícias sobre alegadas irregularidades cometidas pela Fundação para a Prevenção e Segurança, que fundara no ano anterior. Chega a administrador da CGD , tornando-se responsável pela gestão das participações financeiras desta instituição (entre as quais se destaca a posição de 9,7% no capital da EDP, de 4,7% na Portugal Telecom e de 2,6% no Banco Comercial Português). Foi hoje eleito vice-presidente do BCP. Parabéns Portugal.

2 Comments:

At 11:51 da manhã, Blogger manuel a. domingos said...

eu também quero amigos assim!

quem me mandou a mim ser professor!

devia era ter entrado para uma Jota e seguir a carreira de lambe-botas escrever-me na Independente ou aglomerados e tinha a vida garantida!

 
At 11:51 da manhã, Blogger manuel a. domingos said...

inscrever-me, entenda-se

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home